terça-feira, dezembro 07, 2010

Cartas de um Estrangeiro

"Alessandra,

Enquanto a olho desejo teus lábios.
Teus olhos me espiam.
Teus cílios graciosamente se fecham.
A tua pele, cravo e canela.
Com o olhar me atormenta.
Teu hálito, menta.
À tua pessoa, admiração.
À tua mão, carinho.
À você...
..de mim..
Amor."

À você, meu bem, todo o carinho que me dedicou e alento em meus braços.
À você, toda a felicidade que sinceramente merece.

Um comentário: