segunda-feira, novembro 08, 2010

Pró..Fé..Sou, Rá!

(Acabado o recreio, a professora entra na sala)

- Bom dia, meninos!
- Pow! Zap.Crash. %$&*#!
- Rafael, solte essa cadeira! E a cabeça do Murilo também.
- Professora, posso beber água? Tô morrendo de sede.
- Engraçado, Camila. Você parece saudável. Não está com cara de quem está agonizando no leito de morte...
- Brother, a professora foi sargástica pra caramba!
- Não, Pedro. Eu não fui sargástica e nunca serei, já que o meu mestre Aurélio não permitiria uma barbaridade dessas. No máximo eu seria sarcástica.
- Pedro, você é muito burro, cara!
- Amanda!
- O que foi, professora?! Eu não falei nada. Foi a Flávia.
- É a chamada, Amanda. E hoje, da mesma forma que ontem e certamente como amanhã, você é a primeira da lista. Bernardo...
- Foi suspenso.
- Suspenso?!
- Ele bateu boca com o professor de inglês e chamou ele de metódico.
(A professora, inconformada, pensou que um aluno que soube empregar a palavra metódico de maneira correta merecia, no mínimo, uma medalha)
- Achei, professora. Demorei mas encontrei. Sarcástico é um adjetivo e quer dizer crítico ou irônico.
- Humm, muito bem, Pedro. Mas porque demorou pra encontrar?
- Pô, prof. O "s" fica quase no final do dicionário. Até chegar lá, pô.

(E antes que ela encontrasse qualquer solução para aquela equação de onze anos, o sinal tocou. Eles se despediram com seus sorrisos metálicos e sarcásticos. Na aula seguinte aprenderam sobre o significado da palavra debelar depois que o Murilo foi novamente vítima do Rafael. Mas essa é uma outra lição...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário